Cinema: Naomi & Ely e a Lista Sem Beijos #Filme

victoria-justice-naomi-ely-poster-cmf-event-04

Olá lindo e maravilhosos!

O post de hoje é sobre um filme que eu estava esperando a um bom tempo e que já fiz resenha dele aqui.

Para quem não viu a resenha que fiz de Naomi & Ely e a Lista do Não Beijo, veja.

O Filme foi baseado no livro do David Levithan com parceria de Rachel Cohn e conta a história de Naomi e Ely que são melhores amigos desde sempre, mas que na faculdade acabam se apaixonando pelo mesmo cara, que por sinal já é namorado de Naomi.

Quando fiz a resenha do blog disse tudo que achei do livro, dos personagens e de como eu me envolvi na história. Lógico, a história tem vários pontos fracos e alguns erros, principalmente da personagem principal, mas mesmo com tudo isso, eu adorei.

O filme é protagonizado por Victoria Justice (Naomi) e Pierson Fode (Ely) e por incrível que pareça gostei da escolha para dar vida aos personagens. No inicio tive minha duvidas em relação a Victoria pois foram poucos os trabalhos que vi dela, e nem todos me agradou, tanto da pessoa em si quanto da atuação da atriz. Ainda acho que ela não é uma das minhas favoritas, mas Naomi combinou muito com ela o que acabou me consquistando um pouco. Sem contar que a Naomi que interpretou é menos chata que a do livro.

Naomi-Ely-e-a-lista-do-não-beijo-2

Já Pierson Fode (lindo e maravilhoso) era exatamente o que imaginei quando li o livro, boa pinta e uma puta personalidade para usar lapis de olho e um cinto de glitter.

Não tinha visto nenhum trabalho de Fode além deste que vos falo e nem sei se tem outros, mas como Ely ele me deixou satisfeita.

fotos pelicula ni kiss list 3

Temos também os outros personagens no filme, como o Bruce primeiro (Griffin Newman), que está na história não sei fazendo o que, o Bruce Segundo (Ryan Ward), que nada mais é que namorado de Naomi e paixão de Ely.

Eu já sabia que Bruce segundo não era foco da história, mas querendo ou não ele complementa as discussões de Naomi e Ely. Imaginei ele bem bobão  e Ward confirmou isso com sua atuação.

no-kiss-list-premiere-1

Outro personagem de destaque é Gabriel, o porteiro, interpretado por Matthew Daddario. Desde quando li o livro eu já era “Team Gabriel”, mesmo achando ele meio banana no começo da história mas depois ganhando um pouco mais de espaço quando Naomi se aproxima. Ele fez uma playlist para ela com todas as músicas que basicamente o descreve. Eu adorei a playlist e a forma como  Daddario deu vida ao personagem. Lindo e maravilhoso, cativante e que vai te conquistando aos poucos.

no-kiss-list

Também tem outros personagens, mas que não tão importantes e nem complementam a história.

Tiveram alguns cortes de cenas que foram ótimos e bem escolhidos, pois no livro continha uma quantidade insignificantes de acontecimentos que não se complementavam e nem chegava a ser um gancho para a próxima cena.

Narrado por Naomi com algumas frases de impacto e reflexão na maior parte do tempo, “A Lista do não Beijo” o filme é bem mais interessante que o livro, mesmo com  roteiro pouco elaborado e com diálogos  curtos.

Se fosse para classificar, daria 3/5 estrelas para o filme, mas com certeza assistiria mais vezes pois mesmo com seus defeitos é um bom filme para um dia que você queira algo leve e descontraído.

 

Dirigido por Kristin Hanggi e roteiro por conta de Emily Meyer e Amy Andelson.

O filme já está disponível no Netflix. Aproveita e vai lá conferir 😉

 

 

Beijos!

Anúncios

Giro da Semana

Olá lindos e maravilhosos!

Hoje tem giro da semana, que é uma das coisas mais legais que gosto de fazer. Aqui fica tudo que me deixa feliz, tudo que me surpreende durante toda a semana.

E como ando meio sumida, vou tentar manter isso sempre agora 😉

 

-ShondaLand
Tem duas coisas que eu preciso falar sobre essa mulher da foto abaixo, que por sinal é tipo a deusa.

Essa semana Shonda Rhimes disse duas coisas que me fizeram pensar.
A primeira coisa que revelou foi que Cristina Yang, personagem vivida por Sandra Oh em Grey’s Anatomy é seu alterego, e eu fiquei bem com cara de “quê”.

Shonda disse: “Em meus piores momentos, nas horas mais tristes, quando me senti mais solitária, escrever Cristina Yang me fortaleceu. Me apoiei nela e a deixei agir, pensar e viver como eu sempre sonhei fazer. […] Bela e intimidante, ela fazia escolhas arrojadas e parecia destemida mesmo estando apavorada. Ela não era apenas o que eu imaginava, era o que eu precisava.”

Adoro a Cristina e principalmente a Sandra que é uma ótima atriz, mas confesso que me pegou bem de surpresa e quem como eu é apaixonado por Grey’s Anatomy sabe exatamente do que estou falando.

Depois da despedida de Cristina em Grey’s Anatomy, Shonda disse que tem escrito e se espelhado muito em  Olivia Pope (personagem de Kerry Washington em Scandal) que para quem não sabe é outra série da produtora.
A segunda coisa que revelou foi que ela já matou personagens por não gostar do ator. O fato ocorreu em uma entrevista para o  “The Nightly Show With Larry Wilmore”. A reação de Shonda primeiramente foi rir (ai eu já imaginei várias pessoas gente!) mas não quis revelar nenhum personagem (tudo bem Shonda, entendemos você amiga 😉 )

(Todo mundo sabe que as séries de Shonda sempre tem um personagem que morre, mas assim, não é qualquer personagem, é sempre aquele que a gente guarda no coração, mas tudo bem, faz parte.)

 

-Cancelamento de The Bastard Executioner.

129681

Sutter cancelou a série em sua primeira temporada, com exatamente 10 episódios.

Acostumado com o crescente sucesso que teve com Sons of Anarchy, em entrevista para o The Hollywood Reporter, disse: “Eu não sou o cara sentado em sua torre de marfim falando m… e não se importando se ninguém está vendo. Eu não quero escrever algo que ninguém está assistindo, p…!”

vcover13f-7-web

Agora com esse tempo livre, Sutter vai poder focar em seus próximos projetos, já que tem um contrato bem gordo com a 20th Century Fox TV. E para quem não sabe, ele também está preparando Mayans, spin-off de Sons of Anarchy.  (♥)

Já eu, como fã de carteirinha, fiquei chateada de não poder ver a continuação de The Bastard Executioner. Ainda não assisti os 10 episódios para ter uma opinião formada, mas adoro todos os trabalhos dele.

 

-Marvel’s Jessica Jones

464704.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Essa semana, ou melhor, ontem (20) foi a estreia de Marvel’s Jessica Jones na Netflix.

Muitos já devem ter assistido, inclusive, eu já assisti e devo dizer que essa série deveria ter um post só para ela. Gostei bastante e de vários pontos, como fotografia, cenário bem feito, o roteiro também me agradou e não menos importante, a atuação de Krysten Ritter (Jessica Jones) e David Tennant (Kilgrave). Atores que até onde sei são ótimos no humor, mas no drama me surpreenderam muito. Principalmente Ritter, pois confesso que o que sei de Tennant é o que me contam.

First_look_at_David_Tennant_filming_Marvel_series_A_K_A__Jessica_Jones

Espero que muito que essa parceria de Marvel/Netflix continue em sucesso constante.

 

-Daniel Radcliffe fazendo mágica e não magia no novo trailer de “Truque de Mestre 2”

Na prévia, Daniel aparece tentando desastrosamente fazer um truque , o que se nota não ter dado muito certo.

O ator Michael Cane em uma entrevista confirmou a entrada de Radcliffe para o elenco, onde dará vida a seu filho na trama. O que esperar disso? Não sei. A única coisa que espero desse segundo filme, é um final decente.

O novo filme recebe Mark Ruffalo, Jesse Eisenberg, Woody Harrelson, Dave Franco e Michael Caine em seus papéis do primeiro filme.

Jon M. Chu (“G.I. Joe: Retaliação”) assume a direção de “Truque de Mestre 2.”

Com estreia prevista para junho de 2016.

PS: Damos adeus a nossa querida Isla Fisher e boas vindas a Lizzy Caplan 

 

-Chris Hemsworth vs Charlize Theron no trailer de “O Caçador e a Rainha do Gelo”

12231074_511510405682818_348798623_n

Saiu no primeiro trailer da sequência de  “Branca de Neve e o Caçador”, lançado em 2012.

No trailer Chris Hemsworth volta como o Caçador e tem que enfrentar Charlize Theron a Rainha Má novamente, a única diferença é que agora ela tem o apoio de sua irmã, a perigosa Rainha do Gelo, interpretada por Emily Blunt.

A direção do novo filme é do francês Cedric Nicolas-Troyan, que foi o assistente de direção de “Branca de Neve e o Caçador”.

O Caçador e a Rainha do Gelo” chega aos cinemas norte-americanos em abril e deve estrear ainda no primeiro semestre de 2016 aqui no Brasil.

 

Jason Momoa, o futuro Aquaman, vai estrelar nova série de faroeste da Netflix

jason momoa1

Quem ai nunca pensou na vida de ver ele em um personagem totalmente diferente de Khal Drogo de Game of Thrones? Ai depois saiu a notícia de que daria vida ao Aquaman e achou que o papel caiu como luva? E agora a esta notícia.

Momoa será o protagonista de “Frontier”, uma série do Netflix, ambientada no final do século XVIII.

De acordo com a publicação, a Netflix descreve a série como um “drama cheio de ação” e vai mostrar muita luta e violência pelo poder da América do Norte no final do século descrito a cima.

Com direção de Brad Peyton (“Terremoto: A Falha de San Andreas”). Será filmada no Canadá, mas chega ainda em 2016 no Netflix.

-David Bowie lança álbum novo e estreia ★ (Blackstar)

Pois é minha gente, o cara “some” por um tempo e depois volta com essa coisa maravilhosa chamada ★. Sim, uma estrela preta, ou melhor Blackstar para quem não entendeu.

Esse é o 26° disco da carreira de Bowie. E o que dizer né minha gente, ele tá incrível e prova disso é o clipe de estreia.

A direção ficou nas mãos de Johan Renck que já dirigiu Madonna e Robbie Willians.

O álbum novo, ★, será lançando no dia 8 de janeiro, dia do aniversário de 69 anos de Bowie.  Com direito a formato digital, CD e um Vinil lindo.

Esperança?

poltrona-jogos-vorazes-esperanca-parte-2

 E por fim mas de forma alguma menos importante, essa semana teve a estreia de A Esperança – O Final e para minha felicidade, já assisti.

O filme tá lindo e os efeitos especiais não tem nem comparação a beleza que foi aquilo. Com direito a lágrimas, dor no coração e felicidade, tudo junto e misturado.

Por fim, quem ainda não assistiu, vá pois ainda dá tempo.

A estreia do filme foi dia 18 de novembro.

Por hoje é só, minha semana feliz resumida para vocês.

 

Beijos 😉

Resenha: Trilogia Grisha – Sombra e Ossos – Leigh Bardugo

Olá lindos e maravilhosos!

download

Titulo Original: Shadow and Bone| Páginas: 288| Editora: Gutenberg | Ano: 2013.

Alina Starkov é uma garota órfã que cresceu com o apoio de seu melhor amigo (e sua paixão por ele) Maly. Ela é cartografa e Maly é rastreador no exército para o qual são enviados ainda jovens, com a missão de proteger Ravka (cidade onde vivem). Para isso eles precisam ir a um tipo de expedição e atravessar a “Dobra das Sombras” que é como uma divisão entre dois mundos diferentes e como eles mesmo chamam o “Não Mar” e o “Mar Real”, só que para atravessar a Dobra eles e as outras pessoas a bordo precisam enfrentar a escuridão e os terríveis Volcras, que basicamente comem pessoas (e não pare para imaginar isso pois é nojento). Logo que estão atravessando Alina vê Maly ser atracado por um deles e ficar ferido e quando ela tenta protegê-lo acaba revelando um poder desconhecido (até mesmo para ela). 

Logo após esse acontecimento, Alina é levada pelos grishas (são soldados, só que com poderes) para Darkling, líder dos grishas e também o mais poderoso.  

Darkling tem como missão levá-la a corte real e treiná-la como uma grisha e ensinar tudo sobre seu poder. Com esse grande poder de Alina, Darkling acredita que ela possa ajudá-lo a destruir a Dobra das Sombras. 

Agora, Alina precisa se concentrar em suas habilidades e aprender a lidar com seus sentimentos por Maly, sua atração por Darkling e sua “responsabilidade” com Ravka.

Como disse no inicio da resenha, Alina é uma garota órfã totalmente insegura. Se acha feia, não digna do amor de alguém e se sente rebaixada por qualquer garota com um dente mais branco que o dela. Mas quando passa a  “entender” o poder que tem, ela ganha uma certa confiança em si mesma e também em seu poder. Aí sim passou a agir como uma verdadeira personagem forte. O que é muito bom porque eu não aguentava mais ela reclamando de tudo. Esse é o único ponto chato que achei do livro todo.

Falando um pouquinho de Darkling, ele é poderoso, misterioso, cheio de si, cativante e de personalidade forte. Total anti-herói e com certeza o personagem mais bem construído de toda a história.

Já Maly, é aquele cara bonito e chato no inicio do livro e que passa a manter presença em um certo ponto. 

Leigh Bardugo me conquistou de muitas formas. Desde o mundo fantasioso e muito criativo da história, a evolução e amadurecimento dos personagens, cada um sempre mostrando o que tem de melhor, até a narrativa impecável.

Achei um pouco confuso no começo por causa dos nomes, lugares, cidades e poderes (é muito poder minha gente!) que são bem diferentes, mas com certeza não deixou de ser uma escrita muito boa e gostosa de ler e me peguei muitas vezes totalmente envolvida no drama de Alina.

 Bardugo me prendeu em cada detalhe da história e me fez abrir os olhos para a fantasia, coisa que eu não era muito acostumada, mas que agora sempre estará em minha vida.

Sombra e Ossos é uma história impecável do inicio ao fim. Quem já leu concorda (espero) e quem não leu, leia pois é uma história que vai te levar definitivamente para outro mundo.

 

Beijos 😉

 

 

 

Giro da Semana

Olá lindos e maravilhosos!

Faz tempo que não faço um giro, mas o motivo é que: a vida tá corrida pessoal!

Enfim, cá estou eu fazendo o giro lindo porque essa semana teve algumas coisas lindas, lindas mesmoo!

– Maze Runner  Prova de Fogo

Nosso querido lindo e maravilhoso Thomas e seus amiguinhos passam por um baita perrengue no novo trailer da sequência de “Correr ou Morrer” do James Dashner

Aguenta aí Thomas, aguenta aí!

Também saiu uns cartazes especiais dos personagens que ficaram lindos.Maze Runner 1

Maze Runner 2

Prova de Fogo tem estréia em 18 de setembro.

 – Mockingjay

Saiu também um novo trailer de “A Esperança – O Final” com algumas cenas novas e que também tirou o fôlego de muitos meros mortais essa semana.

No trailer podemos ver claramente que a morte de Snow é o foco da galera.

Lembrando que a estréia acontece no dia 19 de novembro.

E por falar em JLaw…

– Joy: O Nome do Sucesso

Filme novo linda e maravilhosa Jannifer.

Criativa desde a infância, Joy Mangano (Jennifer Lawrence) entrou na vida adulta conciliando a jornada de mãe solteira com a de inventora e tanto fez que tornou-se uma das empreendedoras de maior sucesso dos Estados Unidos.

Não sabia da existência dele até semana passada com o teaser, mas estou empolgada por mais esse. Gosto de filmes desse gênero e gosto ainda mais quando é ela quem faz. 

Acredito que ela vai mandar muito bem nesse novo drama assim como fez uma maravilha e “Um Lado Bom da Vida”.

Joy tem estréia para 18 de fevereiro de 2016.

~O Oscar que aguarde…~

– Esquadrão Suicida

A notícia é da semana passada, mas é tão importante quanto as outras, então obviamente ela estaria aqui 😉

Quem me conhece sabe muito bem que o meu entendimento na parte Marvel, DC e tudo que envolva esses lindos nomes é tipo 03 de 10 pontinhos. Sério, não entendo horrores e minha melhor amiga (que provavelmente está lendo isso) sente vergonha por mim só pelo fato de o entendimento dela ser  um 10 HAHAHA!

Enfim, como disse não entendo, mas também não nego que o trailer de “Esquadrão Suicida” não me deixou roendo as unhas só por ter que esperar 2016 para assistir.

“Esquadrão Suicida” estréia em agosto de 2016. Até lá, apertamos o play do trailer várias vezes.

Por último e não menos importante:

– Cool For The Summer, Demi Lovato

Quem não sabe vai saber agora: EU AMO ESSA MULHER! E se ela quiser vir aqui casar comigo, eu caso.

Acompanhei praticamente todas as fases dela, as boas e as ruins e nunca deixei de acha-la brilhante, porque é isso que ela é. 

Essa semana saiu o clipe de seu novo single “Cool For The Summer” e eu não poderia esperar menos. Ela está linda, maravilhosa, magérrrima e dando uma de diva.

O clipe ficou lindo e mostra bem toda a evolução da Demi e talvez seja um dos meus favoritos dela 😉

Por hoje é só. Não é muita coisa mas foi o que fez minha semana feliz e espero que a de vocês também.

Beijos!

Resenha: Naomi & Ely e A Lista do Não-Beijo

   Olá lindos e maravilhosos!naomi e ely

Titulo Original: Naomi and Ely’s No Kiss List | Páginas: 256| Editora: Galera Record| Ano: 2015.

O livro conta a história de Naomi e Ely e a perspectiva do amor e amizade  sob os olhos de vários personagens.

Tudo começa da seguinte forma: Naomi é apaixonada por ser melhor amigo gay. Eles tem A Lista do Não-Beijo onde estão os nomes de todas as pessoas que eles estão proibidos de beijar. 

Tudo está indo as mil maravilhas quando Ely confessa ter beijado Bruce, namorado de Naomi.

Depois disso e a não aceitação de Naomi, eles entram em uma certa guerra levando os moradores do prédio onde moram junto em toda a bagunça deles.

Falando do prédio, aquele lugar não é nem um pouco parecido com os prédios normais. Além de ter Gabriel (o porteiro muito gato) eles tem, bingos as madrugadas e clube de pessoas com insônia. Adorei esse prédio!

Enfim, voltando a história, Naomi não aceita de forma alguma a relação de Ely e Bruce, pois acredita que o destino deles é ficarem juntos e terem um casamento incrível, uma casa incrível e filhos incríveis.

Naomi é uma garota linda, extremamente forte, cheia de atitude, não se importa com o que os outros pensam (com exceção a Ely), mas totalmente vadia. Pelo menos é o que ela quer que as pessoas vejam, pois ela tem um coração enorme, já passou por muitas coisas na vida e sempre com Ely ao seu lado e também tem vários medos. Mas, no final do dia é sempre ela e sua mãe.

Já Ely poderia ser artista de cinema ou uma Drag Queen famosa se quisesse. Autêntico, espontâneo, estiloso e seguro de si. Teve muitos namorados e corações partidos antes de se aproximar de Bruce e o único amor que ele é capaz de deixar transparecer, é seu amor por Naomi.

Eu até poderia falar de Bruce e de toda a sua culpa na briga de Naomi e Ely, mas o foco principal não é esse e sim a lealdade e a amizade dos dois ao longo de toda a vida, pois como diz Ely em certa parte do livro “Dizer que é amigo de alguém, é fácil. Ser um amigo de verdade, não.”

A amizade deles teve muitos altos e baixos ao longo dos anos, mas o que os mantinham unidos era esse amor um pelo outro. 

Ely pode sim ter traído a confiança de Naomi quando beijou Bruce, mas a verdade sobre tudo isso é  o fato de que Ely  estava quebrando todas as fantasias de Naomi ao se apaixonar por Bruce.

“Mentiras são mais fáceis de processar. Menti para Ely dizendo que não tenho o menor problema com alguém ser gay. E não tenho mesmo. Exceto no caso de Ely. Ele deveria ser meu, no melhor estilo Felizes para Sempre, marcados pelo destino. Menti para Ely dizendo que entendia, é claro, que o verdadeiro destino dele era o glorioso reinado cor-de-rosa, e que aquilo esteve óbvio o tempo todo”.

“Não existe alma gêmea… e quem gostaria que existisse? Não quero ser metade de uma alma compartilhada, quero a porra da minha própria alma”

“É uma grande mentira dizer que só existe uma pessoa com quem se vai ficar pelo resto da vida. 

Se tiver sorte – e se esforçar bastante -, sempre haverá mais de uma”

Foi minha primeira leitura de David Levithan, mesmo sendo uma co-parceria com Rachel Cohn com quem já havia trabalhado em “Nick&Nora” (não li, mas já está no topo da lista).

A forma como abordaram os diversos assuntos com foco na amizade e a homossexualidade foi incrível. Escrita leve, divertida me tirando muitas risadas e sempre direto ao ponto sem deixar de falar de alguns momentos de pura reflexão sobre os assuntos, causando sempre um impacto diferente e fazendo com que leituras assim seja minhas preferidas.

Mesmo gostando muito da escrita teve alguns momentos que fiquei confusa na narrativa de Naomi, pois é utilizado alguns símbolos, mas não impediu o entendimento ao longo da história.

Cada capítulo é narrado por um personagem diferente como disse lá em cima, nos proporcionando ter uma ideia do que cada um está pensando no meio de toda a confusão.

Me apaixonei por cada personagem (até aprendi a gostar de Naomi em certo ponto). Todos tiveram grande importância no desfecho e confesso que gosto de livros assim, onde nenhum personagem seja esquecido.

Como primeira leitura de Levithan e Cohn, não tenho com o que comparar, mas deixo claro que foi uma das minha melhores leituras deste ano.

Ps: Lá em cima falei de Gabriel. O capítulo dele é um dos meus preferidos pois tem uma playlist com músicas incríveis 😉

Ps²: Vai ter filme! Estrelado por Victoria Justice e Pierson Fode. Até onde sei (me desculpem se eu estiver errada!) vai estrear dia 17 de julho.

Fotinhas extras para vocês 😉

Naomi-Ely-e-a-lista-do-não-beijo-2

Naomi1

Beijos!

Tag: Amo/Odeio

Olá lindos e maravilhosos!

Essa é a primeira tag que vou responder e fui indicada pela Moara do Palavras & Words, então muito obrigada Moara 😉

tag

A tag consiste em uma lista de 10 coisas que amo e 10 coisas que odeio, assim vocês podem me conhecer melhor.

As regras:

Dizer 10 coisas que ama e 10 coisas que odeia;
Indicar 10 blogs para responder a Tag;
Colocar o selo da Tag;
Link quem te indicou.

10 COISAS QUE EU AMO!

1) Minha família
2) Frio
3) Strogonoff
4) Cerveja
5) Livros
6) Filmes/Séries
7) Pessoas positivas
9) Pessoas intensas (isso mesmo!)
10) Céu estrelado 
10 COISAS QUE EU ODEIO!

1) Goiabada ou qualquer doce de goiaba
2) Bucho bovino
3) Verão
4) Pessoas negativas
5) Vodka
6) Que mexam nas minhas coisas
7) Preconceito
8) Que interrompem minha leitura
9) Arrogância
10) Ignorância

Como sou rebelde não vou indicar ninguém, mas quem tiver vontade de fazer, sintam-se à vontade!

Beijos!

Leituras de junho/2015

Olá lindos e maravilhosos!

Hoje é sexta-feira que começou linda e maravilhosa e o post é curtinho. Fiz algumas leituras durante o mês (achei que tinha sido mais :3) e com isso venho mostrar para vocês quais foram.

Príncipe Mecânico – Cassandra Clare Principe-Mecanico

Onde encontrar: Submarino|Saraiva|Amazon|Estante Virtual

Eu fiz uma resenha de “Anjo Mecânico” e não fiz a de “Príncipe Mecânico” e estou lendo “Princesa Mecânica”, então aguardem que farei a resenha sim! 

E apenas para constar, meu amor pelo o Will cresceu ainda mais depois desse lindo e maravilhoso livro ♥

Isla e o Final Feliz – Stephanie Perkins ISLA_E_O_FINAL_FELIZ_1431632854450316SK1431632854B

Onde encontrar: Submarino|Saraiva|Amazon|Estante Virtual

Fiz resenha desse lindo semana passada e lá eu falo de todo o meu amor por ele .

Ugly Love – Colleen Hoover UGLY_LOVE_1399342615B

Onde encontrar:  Saraiva| Amazon| Livraria Cultura

Esse não tem resenha, mas merece muito uma pelo simples fato de existir. Eu já até falei um pouco dele no Especial do Dia dos Namorados que fiz aqui no blog 😉

Como eu Era Antes de Você – Jojo Moyes 9fa41bf7ae7df66ba33fba1e7d82ea4c

Onde encontrarSubmarino|Saraiva|AmazonEstante Virtual

Não falei dele em momento algum, mas dizer que eu estou ansiosa para o filme no ano que vem é pouco. A História é maravilhosa, emocionante, triste e eles são lindos. Estou com muita expectativa sobre Sam Claflin e Emilia Clarke em seus respectivos papeis (cruza os dedos pessoal)

Um Caso Perdido – Colleen Hoover Capa

Onde encontrar: Submarino|Saraiva | Amazon|Estante Virtual

Colleen Hoover é deusa e muita gente sabe disso e concorda. “Um Caso Perdido” é uma mostra da espetacular capacidade dela de nos fazer chorar.

Sem Esperança – Colleen Hoover 4UImd0d

Onde encontrar: Submarino|Saraiva|Amazon|Estante Virtual

“Sem Esperança” não é uma continuação de “Um Caso Perdido” é apenas a perspectiva de Holder sobre toda a situação. Os dois livros são ótimos e se eu chorei em “Um Caso Perdido”, em “Sem Esperança” não foi diferente.

While It Lasts – Abbi Glines whileitlasts2

Onde encontrarSaraiva|Amazon|Livraria Cultura

Eu só tinha lido “Paixão Sem Limites” (e os outros da série) da Abbi Glines e gosto dela de verdade, mesmo sendo bem clichê, gosto da escrita dela e dos mocinhos dela porque eles são lindos, maravilhosos e intensos e para quem não sabe, eu sou fã de coisas intensas.

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom – Sophie Kinsella 1

Onde encontrar: Submarino|Saraiva|Amazon|Estante Virtual

Falei dele no especial do dia dos namorados também e de todo o meu amor pela Becky. Usei a capa do filme mais uma vez porque eu não gosto da capa dos livros. (DESCULPA SOPHIE ♥)

A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista – Jennifer E. Smith Download-A-Probabilidade-Estatística-do-Amor-A-Primeira-Vista-Jennifer-E.-Smith-em-epub-mobi-e-pdf

Onde encontrar: Submarino|Saraiva|Amazon| Estante Virtual

Terminei de ler ele no dia 30 de junho e fiquei me perguntando: é possível amar tanto um personagem como eu amo o Oliver? 

Pois é, ele é lindo e maravilhoso e conquistou meu coraçãozinho, na verdade toda a história conquistou meu coração e mesmo a Hadley sendo uma chata devido as circunstancias ela deixou a história toda ainda mais linda com sua atitude.

Essas foram as minhas leituras no mês de junho. Foi bem mamão com açúcar, mas eu amo mamão com açúcar, então me deixe ser feliz!

Pretendo fazer isso todos os meses a partir de agora. Aguardem as leituras de julho (que por um acaso já começou bem linda e maravilhosa).

Beijos!